RIBAS.

Esse nome tem história no mercado

Especializada no sistema de confinamento, a Ribas oferece serviços que resultam na produção de carne de qualidade, com alta eficiência, baixo custo e de forma sustentável. Está em franca expansão, mantendo o foco na inovação e preservando o princípio da ética empresarial.
Assim, supera as expectativas de seus parceiros pecuaristas que buscam agilidade na engorda e maior lucratividade nos negócios.

Vocação para o trabalho e crescimento

Tudo começou há mais de 100 anos, com o imigrante José Ferreira Ribas comprando novilhas, abatendo e comercializando os cortes na região de Promissão, interior de São Paulo. Trabalhando incansavelmente com ajuda da mulher e dos filhos, ele prosperou, adquiriu terras e rebanhos. Expandiu seus negócios e, em 1930, passou a comercializar carne também na Capital Paulista, tendo o filho Herculano Ribas como responsável pelas vendas. A ele foi passada uma única instrução: a de honrar a palavra sempre que fechasse um negócio; e essa ética comercial se transformou em uma filosofia na família. Na década de 50, a companhia J. Ribas tornou-se uma das maiores produtoras de carne do País, com frigorífico matador próprio, diversas fazendas, somando mais de 60 mil hectares, mais de 100 mil cabeças de gado e uma rede com mais de 100 casas de carne.

Tradição e evolução constante

No início dos anos 60, Herculano Ribas já trilhava seu próprio caminho, com sua postura arrojada e mantendo o espírito empreendedor da família. Assim, adquiriu e transformou a Fazenda Coqueirão, de 10 mil hectares, em pastagens para seu imenso e crescente rebanho. Fez uma importante parceria com Tião Maia, considerado o Barão do Gado; e ampliou sua atuação, passando a contar com um centro de distribuição em São Paulo, uma transportadora de gado e uma planta frigorífica no norte do Paraná. Terminada a parceria, Herculano Ribas voltou aos “voos solos” e criou o Frigus – Frigoríficos Unidos S.A. Comprou novas terras no Mato Grosso do Sul e em São Paulo e tornou-se um dos maiores exportadores do Brasil, abatendo mais de 1.200 cabeças por dia.

Confinamento Ribas: Eficiência e lucros

No final dos anos 70, para garantir o abastecimento do seu frigorífico, o Grupo Ribas foi um dos pioneiros a utilizar o sistema de confinamento no Brasil. Continuou crescendo firme e forte e, em 2011, com experiência e visão do futuro, montou um novo e moderno confinamento, aliando a excelência profissional aos avançados recursos tecnológicos. Dessa forma, a Ribas oferece resultados que comprovam uma produção pecuária eficiente e, acima de tudo, mais lucrativa.